Foto: Acervo Setur-MG / Renata Oliveira

 

Passeio obrigatório para os amantes da natureza, quem vai à Lapinha acha que o tempo parou. A cidade tem apenas cerca de 300 habitantes, que vivem da agricultura de subsistência e do turismo. Com inúmeras belezas naturais, a região atrai visitantes para conhecer as cachoeiras, lagos, grutas, rios, picos, sítios arqueológicos, fauna, flora e o principal, as pessoas e a sua cultura local. Entre aos atrativos locais, podem ser citados naturais, podem ser citados a Cachoeira do Bicame, a Cachoeirado Lajeado, a Cachoeira do Rapel e a Cachoeira do Paraíso.
 

Dicas de Viagem: Não perca os festejos religiosos para comemorar o dia do padroeiro da Lapinha, “São Sebastião”, o dia de São Pedro, o dia de Santa Cruz, a festa de Nossa Senhora da Aparecida, a comemoração do mês de Maria e as festas juninas. Bastante tradicional no vilarejo, o batuque é realizado semanalmente pelos moradores. O batuque é uma dança acompanhada de sapateado, palmas e tambor. No batuque de branco, o pandeiro e a viola são tocados. 

Ver mais