Turismo em Minas Gerais | Lagoa Santa

  • Alerta de viagem: Covid-19

    Entre em contato com o estabelecimento para mais informações

    Atualizado em 16/10/2020

    Barreiras Sanitárias

    Funcionamento - Quantidade

    Funcionamento - Carga Horaria

Lagoa Central

Lagoa Natural, formada há aproximadamente 8.000 anos devido ao abatimento do solo resultante de uma formação calcárea subjacente que se dissolveu, a Lagoa encontra-se sobre um pseudo-calcáreo, o filito. Sua profundidade não passa de três metros, sendo que, a aproximadamente 40 metros de sua base, encontra-se um aqüífero que contribui para sua existência, bem como águas pluviais. Seu formato é triangular. Desde o povoamento da cidade foi o referencial para a nomeação do arraial, atual cidade. O primeiro nome da localidade foi Lagoa Grande e Lagoa das Congonhas do Sabarabuçu. O nome atual teve origem no valor curativo das águas da lagoa. O nome Lagoa Santa surgiu devido a Felipe Rodrigues, portador de ulceras que ao se banhar na Lagoa por volta de 1733 ficou curado. A notícia se espalhou e, a partir de então começaram a chegar peregrinos em busca de cura para seus males. As águas chegaram a ser exportadas para Portugal, mas foi proibido pelo Poder Régio afim de não prejudicar as águas de Caldas. Foto: Acervo Setur MG |Sérgio Mourão

Ver mais

  • Localização

    Urbana

    Avenida Getúlio Vargas , S/N - Centro

    CEP 33.400-000 - Lagoa Santa - MG

  • Pontos de Referência

    Chegar pela Av. Getúlio Vargas, Rua Comandante Vitor, Rua Conde Donabela

  • Horário de Funcionamento

  • Tipo de Visita

    Não guiada;

  • Entrada

    Franca

  • Atividades Realizadas

    Caminhada

  • Acessibilidade