Nome curioso do município da Zona da Mata é explicado de uma lenda que os índios nômades teriam chegado à região e foram pescar, não encontrando peixe suficiente, se mudaram usando a expressão “piracuera”, que quer dizer “aqui não tem peixes”. A Cidade começou a atuar como município em janeiro de 1997 e possui aproximadamente três mil habitantes. As matas planas de Sem Peixe são ideais para acampamentos e caminhadas. O relevo do local forma trilhas ecológicas, nas quais não é difícil encontrar cachoeiras, já que a cidade é margeada pelo Rio Doce, em grande extensão. A cidade faz parte do Circuito Turístico Montanha e Fé. 

Ver mais