Turismo em Minas Gerais | É tempo de Folias de Reis!

É tempo de Folias de Reis!

Atualizado em: 30/01/2020

Por: Ane Lopes

Fotos: Acervo Secult MG - Consuelo de Abreu

Você já deve ter visto em alguma cidade mineira os populares grupos de folia, não é mesmo? Mas será que você sabe o real significado dessa tradição?

Preparamos esse post com muitas curiosidades e informações sobre essa manifestação, que, de tão marcante em Minas Gerais, se tornou um patrimônio cultural.

Confira:

1. As folias são práticas culturais e religiosas, mais precisamente católicas, também conhecidas por ternos, caravanas, companhias ou embaixadas.

2. Os grupos de folia surgem, em geral, para pagamento de uma promessa feita a um santo: Divino Espírito Santo, Nossa Senhora Aparecida, São Sebastião, entre outros.

3. Folias de Reis são somente aquelas folias devotas aos Reis Magos. As demais, de modo geral, são chamadas de Folias de Minas.

4. As Folias de Reis costumam iniciar no dia 24 de dezembro, véspera do nascimento de Jesus, indo até o dia 06 de janeiro, conhecido como dia de Reis. Já as outras, acontecem normalmente nos dias em que se comemora o santo de devoção do grupo.

5. A bandeira é um dos principais elementos de uma folia. Ela vai à frente, durante o cortejo, abrindo os caminhos e identificando o grupo.

6. Todos os integrantes de uma folia são chamados de foliões e existem funções bem definidas entre eles.

7. O dono da folia é a pessoa que fundou ou herdou o grupo.

8.capitão ou mestre é o cargo mais alto na hierarquia. Ele é o responsável por iniciar todos os cantos e profecias durante as celebrações, conduzindo os demais foliões. Normalmente, é grande conhecedor de todos os saberes envolvidos em uma folia.

9. Já o folião responsável por carregar a bandeira e anunciar a chegada da Folia é chamado de alferes, bandeireiro(a) ou porta bandeira.

10. Os palhaços ou maramungos são os integrantes que se apresentam com roupas coloridas e máscaras grotescas. Suas funções são ligadas ao entretenimento: versos, danças, adivinhações, piadas e cantigas populares.

11. Os palhaços possuem diferentes conotações entre as folias. Em alguns casos representam os próprios reis magos, em outras representam a figura do mal estando associados ao Rei Herodes e aos perseguidores de Jesus. Eles podem ainda representar os responsáveis por distrair homens maus para que não encontrem o menino Jesus.

12. A musicalidade tem um papel central nas folias. As bênçãos divinas, narrações das passagens bíblicas e homenagens são expressas em formas de cantos, acompanhados por instrumentos musicais.

13. Os foliões que executam os cantos são chamados de vozes. Em algumas regiões são seis vozes, já em outras são apenas quatro divididas em duplas.

14. Já os tocadores são os responsáveis por tocar os diversos instrumentos musicais que compõem as melodias dos cantos da folia, como a caixa, viola, pandeiro, violão, sanfona e rabeca.

15. Preferencialmente, as folias visitam casas e festas organizadas por outros devotos que também estão pagando suas promessas.

16. Os donos da casa, por sua vez, costumam retribuir essa visita, ofertando comidas, bebidas e donativos, chamados popularmente de esmolas.

17. O período e itinerário de um cortejo são conhecidos como giro ou jornada, mas atenção: para ser considerada uma jornada de fato, no mínimo, uma casa deve ser visitada.

18. Existe todo um ritual durante a visita, havendo uma sequência de ações bem definidas: chegada, entrada na casa, distribuição de bênçãos, refeições, apresentação dos palhaços, ofertas, agradecimentos e despedida.

19. Os altares e presépios são as principais referências em uma visita. Antes mesmo de entrar, o grupo sempre perguntará se existe algum presépio montado, pois, se houver a folia deverá ir até ele, respeitosamente, para saudá-lo.  

20. Para encerrar o ciclo de jornadas, é realizada uma festa de confraternização, conhecida também como arremate, organizada pelos chamados festeiros.  

Agora que você conhece um pouco mais a fundo, que tal acompanhar mais de perto essas manifestações culturais? Afinal, é tempo de folia!

 

Comentários